Desde novinha eu sempre fui fã de filmes de suspense e terror, confesso até que era mais forte para aqueles filmes ensanguentados e muito explícitos, hoje eu prefiro algo menos sanguinário e com mais enredo. Daí que eu comecei a me apaixonar por esse gênero também em livros e estou amando conhecer novos autores. Depois de devorar o livro Não Voltarás, que tem uma pegada meio thriller mas com uma história muito envolvente, o último que me ganhou foi o Restos Humanos da Elizabeth Haynes.

resenha livro restos humanos elizabeth haynes borboletas na carteira-2

Restos Humanos | Elizabeth Haynes | Páginas: 315

O livro é contado através da perspectiva de dois personagens: Annabel Hayer e Colin Friedland, e desde as primeiras páginas você fica querendo descobrir o que esses dois têm em comum e como a vida deles vai se cruzar ao longo da história.

Annabel é uma mulher solitária, com seus 30 e poucos anos, que mora com sua gata Lucy na cidade de Briarstone. Ela trabalha em um departamento de pesquisa da polícia local mas não tem nenhum amigo. As colegas de trabalham sempre zombam da aparência e do jeito certinho de Annabel, por isso ela é uma mulher fechada e pouco interessante do ponto de vista do leitor. Não é aquele personagem que te envolve e que você tem vontade de conhecer, sabe? Mas tudo muda quando ela acaba encontrando o corpo de sua vizinha, Shelley de 43 anos, em decomposição na sala de estar. Com a curiosidade a mil, Annabel começa uma árdua pesquisa sobre quem era Shelley e sobre os demais corpos em decomposição que vão sendo encontrados na cidade…

resenha livro restos humanos elizabeth haynes borboletas na carteira-3

resenha livro restos humanos elizabeth haynes borboletas na carteira

Já Colin, também na casa dos 30 e poucos anos, trabalha no departamento de tecnologia e informação do conselho municipal e acredita que os corpos encontrados foram, na verdade, acontecimentos aceitáveis e que ajudaram as pessoas a se libertarem de uma vez por todas do peso de suas vidas vazias e sem graça…

Além desses dois personagens, o jornal local, o Briarstone Chronicle também nos dá uma perspectiva da história, com suas manchetes e seus furos de reportagem, anunciando sempre que um novo corpo em decomposição é descoberto e algumas vítimas também têm seu momento de narração, o que nos dá uma visão melhor sobre cada morte.

resenha livro restos humanos elizabeth haynes borboletas na carteira-4

Eu nem preciso dizer que esse livro é super envolvente, né? O assunto abordado é muito diferente e interessante e foge totalmente dos romances polícias que eu já li antes. Além disso, é possível entrar na mente do assassino e das vítimas de modo que as mortes sejam “quase” justificáveis. Eu não consegui me conectar com a Annabel até a metade do livro, depois disso, o sentimento de compaixão começou a aflorar e eu só queria que ela se desse bem, sabe? Já o assassino, era doentil e tinha uma visão distorcida dos seus atos… Acabei ficando com bastante raiva dele e intrigada com seu poder.

Super recomendo o livro para quem gosta de histórias envolventes e assuntos intrigantes. Já estou louca para ler NO ESCURO da mesma autora.

ONDE: Americanas (R$20,61) | Submarino (R$17,23) | Cultura (R$24,90) | Saraiva (R$20,14)

 *Valores consultados em 16 de dezembro de 2014*


Tirei daqui ó: http://www.borboletasnacarteira.com.br/livros/livro-restos-humanos-elizabeth-haynes/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AINDA SOBRE MEU LOOK: BAILE DA VOGUE 2018